Arquivo | agosto, 2010

Vale a “pena”…

30 ago
Nesse último inverno plumas e peles (de preferência sitéticas) estiveram bem em alta e, pelo visto, vão continuar no próximo inverno (que maluca…nem entramos no tão aguardado verão e essa doida já está aqui falando do próximo inverno)…

Já ouviram falar do casaco aviador?

Desfiles com o casaco aviador

Look com o casaco aviador

Mais desfiles com o casaco aviador

Pois é, eles têm desfilado pelas ruas européias, o que serve como indicativo de que vão pintar aqui com tudo no próximo inverno.

Outro item que parece que vai acompanhar as plumas e peles por aí, são as penas…engraçado ein…mas calma, temos a opção de abusar dessa tendência apenas nos acessórios.

Vejam, por exemplo, essa Clutch…uma arraso ein. Eu fiquei babando e já averiguei que está à venda pelo site da ASOS por 25 libras, e a boa notícia é que entregam no Brasil pela “bagatela” de 10,5 libras (quase o preço da bolsa, e ainda corre o risco de precisar  pagar imposto para liberar o produto na alfândega, mas, pra quem achar que vale a pena arriscar, aí vai a dica):

Bolsa ASOS

Looks com a bolsa de penas

Para as mais discretas (ou nem tanto assim), que tal um brinquinho com o detalhe, ou uma tiara (essa eu já aderi), achei um charme:

Look com brinco de penas / Fonte: Le blog de Betty

Detalhes do brinco / Fonte: Le blog de Betty

Tiara de penas

Outra dica é juntar as tendências ombro marcado+penas (lógico que essa é para as mais ousadas):

Ombro marcado com penas

Mas é claro que, pra quem preferir, tem a opção de usar a tendência por inteiro:

Vestidos com penas

Tem que ter muito estilo ein!!!

Anúncios

Tatoos Chanel

24 ago

Na semana passada uma amiga comentou sobre as tatoos da Chanel…já viram?

O comentário me inspirou a fazer um post aqui no Entre Rendas e Poás dedicado a esses mimos (tudo bem que na loucura que estou vivendo nesses últimos dias o comentário da semana passada só virou post uma semana depois).

Tatoos colocadas em forma de colar

Eu as conheci nos desfiles de Primavera/Verão 2011 e, como tatoos sempre chamam muito a minha atenção, nem preciso dizer que fiquei enlouquecida com o novo “acessório” da Chanel. Os desenhos imitam jóias na pele….de-ma-is!

Desfile Chanel Primavera/Verão 2011

Tatoos de pulseira Chanel

Pelo que “fucei” na internet, a embalagem com 55 modelitos de tatuagens (daquele estilo que vem em chiclete de criança, que passa água no verso, pressiona contra a pele, e o desenho fica tatuado por uns 3 dias…há, não vale fugir do banho só pra que a tatoo dure mais tempo ein…) está saindo por R$ 210,00 e parece que, no Brasil, só está à venda na loja da Chanel do Shopping Leblon (Rio).

Cartelinha de tatoos Chanel

Ok, Ok, confesso que também não achei o preço dos melhores, mas que é bom saber que por esse valor podemos ter um mimo da Chanel isso é…corcordam?

E olha só a dica da Sarah Jessica Parker, que tal misturar a jóia de mentirinha com jóias de verdade (adorei a idéia):

Estilo Sarah Jessica Parker

Cintura de pilão

19 ago

Primeiro devo satisfações a respeito de minha sumida, esses último dias fiquei às voltas com problemas domésticos (com dois filhos esses probleminhas em casa tomam proporções maiores, acreditem), mas estou retomando o ritmo, cheia de idéias para postar por aqui, só me faltava tempo para sentar e escrever.   

Bom…acho que esses problemas domésticos são bem sugestivos para lembrarmos das mulheres do passado, e logo me vem a cabeça uma peça que está voltando com tudo, mas com uma conotação beeeem diferente do passado: os corselets, corsets, corpetes ou espartilhos, como preferir.   

Corsets desfilados pela Rosa Chá

 O espartilho já foi símbolo de opressão e um terror para as mulheres no passado, elas chegavam até a desmaiar de tanto que a peça apertava a cintura (na época era necessária uma legião de criados para ajudar a amarrá-lo). Ele também marcou a Belle Époque, no final do século XIX, quando as mulheres faziam sacrifícios impensáveis para ter uma cinturinha de cerca de 40 cm, moda na época.   

Eles voltaram com tudo nos desfiles de Primavera/Verão 2011, e prometem ser uma forte tendência na próxima estação. Claro que trazem a forte carga de romantismo que tinham no passado, mas não mais significam sofrimento e opressão, mas sim, sensualidade e, pasmem, há quem os considere até confortáveis por conta do suporte que dão à coluna.   

Desfiles Adriana Degreas, Triton, Ellus, Graça Ottoni e Dior

Como abusar da peça sem ficar vulgar e nem com cara de coisa antiquada? Aí vão algumas dicas:   

A Triton propôs e eu adorei: que tal a combinação corset + calça mais larguinha (pode ser uma saruel ou boyfriend). Esse look envolve aquele contraste que eu adoro de uma peça largona com outra ultra slim. Um outro contraste bem interessante do look é o romantismo X grunge….o máximo ein.   

Encontrei algumas fotos que propõem acrescentar à produção uma blusa com transparência (outra forte tendência da estação), achei ótimo e muito útil para quando a ocasião não permite ombros à mostra. Confiram:   

Corset + boyfriend/saruel

Outra proposta interessante, e elegante, é combinar a peça com uma saia. Vale um modelito mais “sequinho”, como o que Rihanna usou na foto abaixo, estilo saia lápis (hum…mas vale dizer que pra essa combinação o corpitcho precisa estar super em forma, né), mas a minha preferência ainda é a combinação com uma saia com maior volume (tipo evasê, balonê, tulipa…).   

Corset + Saia

Por último os vestidos corseletados, vocês ainda vão ver e ouvir falar muito deles no verão:   

Vestidos corseletados

Tem coisa mais chique?   

Quem disse que couro é só para o inverno?

16 ago

Existem algumas tendências que saem das passarelas internacionais e invadem editoriais de moda, São Paulo Fashion Week, Fashion Rio; mas só acreditamos que elas realmente vão circular pelas ruas por aqui quando as vemos nas vitrines. 

 Assim foi pra mim com as peças de couro que prometem vir com tudo para o nosso verão 40°. 

Assumo que estranhei um pouco quando vi shorts, saias e vestidos de couro desfilando pelas passarelas de Nova York, Milão e Paris. 

Mais tarde, visitando sites internacionais de moda de rua, vi as peças circulando pelas ruas européias e pensei “É claro, o verão deles é bem diferente do nosso…”. 

Mas me surpreendi em um passeio pelo Shopping Iguatemi no último final de semana quando vi mais de uma vitrine com peças lindíssimas feitas em, nada mais nada menos, do que couro. 

E não é que eu ADOREI!!! 

Agora é saber como usar essa nova tendência. 

Busquei algumas fotinhos na internet para nos inspirar… 

Algumas produções sugeridas nos desfiles Primavera-Verão 2011: 

Desfiles primavera-verão 2011 / foto: blog Julia Petit

 

Como sabemos que produções de desfile são bem pouco aplicáveis ao nosso dia-dia, aí vão alguns looks que busquei em sites de moda de rua. Olha como fica ótimo o short de couro combinado com uma t-shirt: 

Short de couro + T-shirt

 

Agora um look mais “fino”: 

 

E alguns looks propostos por Cris Barros (ela está usando uma t-shirt de couro e calça de couro…arrasou ein….e a foto do desfile é de uma saia de franjas, criação da própria, de couro metalizado): 

Peças Cris Barros feitas em couro

 

Por último uma sainha linda (AMEI) da coleção verão da Thelure: 

Saia de couro Thelure / Fonte: http://www.magstore.com.br

 

Infelizmente o couro também tem algumas desvantagens, uma delas é a questão de que a cada peça produzida morre uma ou mais vaquinhas, mas também podemos optar pelo couro sintético (oba!), tem alguns que são muuuiiiitto parecidos com o legítimo, e até mais leves, super combina com o verão ein. 

Outra desvantagem é o precinho, essa saia lindíssima da Thelure, por exemplo, está à venda no site “Mag Store on-line” por R$ 968,00. 

Mas que ela é linda, não dá pra negar, não é verdade? 

Esmaltes com cheirinho de verão…

12 ago

Realmente sempre há novidades que nos surpreendem quando o assunto é esmalte.

Eu mal testei os foscos da Risqué (na semana passada usei o “Pedra Granada” e ADOREI, achei o efeito fosco bem diferente) e os emborrachados da Orly (ainda estou aguardando minha irmã, que mora fora do Brasil, me enviar para que eu possa testá-lo) e já vem a Revlon com novidades. Agora os esmaltes, além de lindos e super coloridos, são perfumados, isso mesmo PER-FU-MA-DOS…

Incrível ein…

É a coleção “Scents of Summer” com oito versões que liberam uma fragrância deliciosa após secos (dizem que o cheirinho dura de 4 a 5 dias): Beach (praia), Ocean Breeze (mar), Peach Smoothie (pêssego), Orange Pop (laranja), Gum Drop (marshmallow), Grapy Icy (uva), Cotton Candy (algodão doce) e Bubble Gum (chiclete).

Coleção "Scents of Summer" da Revlon

Na verdade essa não é a primeira coleção de esmaltes perfumados da marca, pelo que pesquisei, há alguns meses foi feito um teste nos EUA com a coleção “Fruitful Tempations” (8 versões com cheirinho de frutas) e, pelo visto, deu tão certo que agora veio essa nova versão verão.

Agora a notícia ruim, pelo que andei “xeretando” na web, a edição é limitada e os esmaltes não serão vendidos no Brasil. Peninha ein…

Mas, como eu não poderia deixar meus leitores só babando, achei essas “belezuras” à venda pelo Mercado Livre por R$ 24,00.

Bom, como eu ainda não criei coragem de fazer a compra pela internet eu pergunto:

Será que alguma de vocês está com viagem marcada para fora pra que eu possa encomendar o meu (já vi que nas farmácias americanas o produto custa em torno de 5 dólares)?

Jeg o quê?

11 ago

Realmente o nome é meio estranho, “Jegging”, mas elas são um arraso.

Para quem não conhece, o Entre Rendas e Poás explica: ela nada mais é do que a junção de legging + jeans, ou seja, uma calça com modelagem de legging (beeeemmm justa e com elástico na cintura) feita com um tecido de jeans (só que mais fininho) e com bastante elastano. 

A vantagem da jegging em relação ao jeans é que, assim como uma legging, ela é super confortável.

Também assim como a legging há algumas regras básicas para o uso de uma jegging:

– A regra número um é evitar deixar a poupança a mostra, vale usar um blazer mais compridinho para combrí-la;

Jegging + Blazer

– Como a peça por si só já é bem justa, fica perfeita com peças mais larguinhas na parte de cima, aproveite que os cardigans estão em alta e use e abuse deles;

Jegging + Cardigan

– Vale ainda combinar a peça com camisetões compridos, estilo rocker, ou uma chemisier (aquelas camisas compridonas que podem ser usadas como vestido);

Jegging + Camisetão ou Jegging + Chemisier

– Há, uma última dica bem importante: caso esteja acima do peso, opte pelas cores mais escuras, elas diminuem o quadril.

Pelo visto as jeggings prometem reinar absoluto nas próximas estações (isso é outra vantagem, ela pode ser usada tanto no inverno como no verão), assim como a skinny vem reinando há tempos.

Jacques Leclair

9 ago

Aproveitando o último post do Entre Rendas e Poás, dedicado a homens estilosos, eu não poderia deixar de falar do estilista Jaques Leclair, da novela Ti Ti Ti.

Tudo bem que o seu estilo não é lá, digamos, muito convencional, mas é, no mínimo, interessante e digno de um comentário.

O lencinho no pesacoço é ícone obrigatório, e o melhor é que a cor do lencinho, quase sempre, combina com a cor do terno, da camisa ou do colete.

Looks Jaques Leclaire

Aliás, os ternos escolhidos pelo personagem também são dignos de nossa atenção, pois eles nunca são básicos, sempre em tecidos, texturas e cores bem diferentes (ok, concordo que muitas vezes até exagerados).

Há, e pra quem não sabe, Jaques Leclaire é um personagem pra lá de antenado, não é que ele tem seu próprio blog, lá é possível encontrar até seus desenhos (bem bonitos por sinal).

Vale a pena conferir!!!

Especial: Homens

7 ago

Hoje decidi fazer uma homenagem do Entre Rendas e Poás ao dia dos pais e, para isso, preparei esse post sobre moda masculina.  

Confesso que não curto muito escrever sobre moda masculina, na realidade acho que tenho certo preconceito porque considero o closet masculino muito limitado, acho difícil sair da “mesmice” quando lidamos com roupas e acessórios para homens, e o pior, se um moçoilo aparece um pouco mais arrumado, ou com um item mais ousado, na hora já vem aquele velho preconceito: “Há…ele é gay”.  

ADORO homens que ousam (nesse quesito acho que eu escolhi bem, pois considero que o meu maridinho faz parte desse seleto grupo).  

Em homenagem a esses homens que não têm medo de arriscar, e também aos que querem inovar mas não têm muitas idéias, ou mesmo às mulheres que ajudam seus maridos/namorados/casos a se vestir, aqui vai um post cheio de homens de vanguarda, ousados e que, na minha opinião, acertaram em cheio na escolha (talvez desagrade a alguns-ou algumas-de vocês, pois, como eu já disse, o quesito moda masculina desperta muito preconceito, mas acho que o que vale são essas idéias que podem nos inspirar a produzir novos looks).  

Começo com um estilo executivo:  

Fonte: Stockholm Streetstyle

Tem muito homem que acha que blazer de alfaiataria não combina com jeans, gravata+jeans então, nem preciso comentar, para muitos é uma combinação proibitiva. Mas o meu escolhido dessa foto aí em cima prova o contrário, ele soube combinar muito bem a parte de cima (blazer de alfaiataria +camisa social+gravata) com um jeans na parte de baixo…na minha humilde opinião ele ARRASOU. E esse óculos lúdico veio para fechar com chave de ouro. ADOREI O  LOOK!!!  

Já que eu comecei falando de roupa social, vamos continuar por aí:  

Fonte: The Sartorialist

 Adorei a camisa desse mocinho, talvez nessa foto não de para visualizar o detalhe (clicando sobre ela é possível aumentá-la para ver melhor), mas a estampa nada mais é do que micro bolinhas brancas que dão esse efeito visual incrível.  

Agora vou postar alguns meninos (ou, no caso abaixo, senhores) um pouco mais ousados:  

Fonte: Stockholm Streetstyle

Primeiro, como uma apaixonada por tatuagens, eu não poderia deixar de comentar que adorei o braço todo tatuado. É impressionante como, apesar de ser uma pessoa de um pouco mais idade, ele me passa uma sensação de juventude…Acho que é efeito da combinação tatoos + look incrível. Adorei o comprimento da calça (assumo que nunca havia pensado que era possível um homem ficar elegante com uma calça nesse comprimento), o sapato branco, dificílimo de usar, foi super bem empregado nesse conjunto e, pra finalizar o look com um toque super especial, veio o cinto vermelho, essencial para “quebrar” a monocromia.  

Fonte: Lookbook.nu

Adorei a calça justíssima, contrastou muito bem com a parte de cima mais larga. O sapato e meia sociais deixaram o look mais interessante, com um ar de “estou nem aí”.  

Fonte: Stockholm Streetstyle

Selecionei o mocinho acima única e exclusivamente porque AMEI o blazer que ele escolheu. Esse acabamento em outra cor é bem interessante, é comum ver isso em peças femininas, mas em peças masculinas esses detalhes são quase que inexistentes, e fazem uma diferença impressionante.  

Para terminar escolhi dois senhoritos que usaram algumas peças de vestuário fora de seu lugar comum, mas achei o resultado bem interessante:  

Fonte: Stockholm Streetstyle

Alguém reparou que, ao invés de um lenço, ele tem uma viseira (isso mesmo, uma viseira) pendurada no pescoço? Achei a idéia ótima, adoro essa criatividade na hora de se vestir e adoro ainda mais essa a multi-utilidade das peças. Gostei!!!  

Fonte: Lookbook.nu

Eu tenho a impressão de que, ao invés de um poncho, ele está usando uma saia plissada no pescoço, será que estou enganada? Enfim, adorei essa peça, a cor mais quente deu uma “quebrada” na seriedade do look black total, essa parte, que a mim parece ser a cintura da saia, ficou muito bem como gola, e as múltiplas pregas fazem com que a peça se ajuste super bem ao lugar onde ela foi usada. 

Bom, esse foi o meu primeiro post a respeito de moda masculina, e, claro, eu optei por sair do óbvio. Espero que gostem porque juro que vou tentar inserir um pouco mais do universo masculino no Entre Rendas e Poás.

Já ouviu falar das Blythe Dolls?

5 ago

Essa semana eu estava no carro com a minha amiga/sócia Déia, quando ela me fez a seguinte pergunta:  

– Eli, você já ouviu falar das Blythe dolls?  

Eu, apesar de estar inserida dos pés à cabeça no mundo da moda, dedicando a maior parte do meu dia para assuntos relacionados a tal, NUNCA havia ouvido falar das famosas bonequinhas (me senti uma mega alienada nesse momento).  

Para compensar passei o dia de ontem pesquisando sobre o assunto, e vi que ele merece um post no Entre Rendas e Poás. 

Blythe Dolls

As tais bonecas foram lançadas em 1972, nos EUA (no site We Love Blythe achei um comercial desse lançamento…ótimo).  

Por conta de sua cabeça grande com olhos “esbugalhados” (detalhe: puxando uma cordinha atrás da cabeça os olhos mudam de cor e de posição) a boneca assutava as crianças e, por consequência, deixou de ser fabricada um ano após o seu lançamento.  

As bonequinhas ficaram praticamente esquecidas até 1997, quando a produtora de TV Gina Garan ganhou um exemplar de um amigo que achou que a boneca parecia com ela. Gina começou a fazer fotos do presente durante suas viagens, e em 2000 lançou um livro contendo essas fotos (“This is Blythe”).  

A partir daí as bonecas voltaram a ser lembradas e em 2001 a empresa japonesa “Takara” lançou a primeira “Neo Blythe” (naquele ano foram lançados 6 modelos e nos anos seguintes essa produção foi aumentando, chegando em 25 modelos em 2009). Atualmente elas são encontradas em dois tamanhos, o original de 28 cm, e o chamado “Petit Blythes” (Pequenas Blythes) de 11,2 cm.    

Blythes inspiradas em personagens do Cinema

Hoje é praticamente impossível encontrar as Blythes originais (da década de 70) e, quando encontrada, o seu preço é exorbitante (pode chegar a mais de R$ 5 mil). As Neo Blythes não são vendidas no Brasil, mas podem ser importadas pelo site This is Blythe e seu preço fica em torno de 300 a 400 reais para as de 28cm e de 120 reais para as Petit Bllythes.  

Mas vocês ainda não devem estar entendo o que toda essa história tem a ver com moda…  

Bom, em 2005 Gina Garan lançou uma nova publicação contendo 131 fotos da fofa usando criações de grandes estilistas como Versace, Gucci, Prada, Christian Dior, Dolce & Gabbana, John Galliano, Vivienne Westwood entre outros.  

Blythe inspirada na estilista Vivienne Westwood

Sua ligação com o mundo da moda não parou por aí, e, no início de 2009, nosso querido recém falecido Alexander McQueen lançou para a loja de departamentos norte-americana Target uma coleção inspirada nas Blythe Dolls, onde elas, inclusive, atuam como garotas propaganda do comercial de lançamento (assista no You Tube).  

Blythes by McQueen

Aqui no Brasil elas são queridinhas das estilistas Carina Duek e Adriana Barra.  

Estampa de Adriana Barra inspirada nas Blythe Dolls

Há, eu já estava esquecendo de falar que são comercializados diversos acessórios, roupas e sapatinhos para deixar a sua Blythe em dia com a moda. Também no site We Love Blythe é possível encontrar uma série de lojinhas especializadas em produtos para a boneca. 

E a Blythe é tão fashion que existe até concursos de Miss Blythe Brasil

Candidatas a Miss Blythe Brasil 2010 / Fonte: http://www.promoblythe.com.br/

Nossa…vou falar uma coisa…em um primeiro momento a boneca é realmente asustadora, mas sabe que, com o tempo, a gente vai realmente se apaixonando pela fofa.  

Blythes customizadas

Olha que eu já estou até com uma pontinha de vontade de comprar a minha Blythe…mas deixa a vontade pra lá…acho que essa vai ficar mais pra frente.

Nem preciso dizer que eu já saí a procura do livro “Blythe Style” e já adianto que nas livrarias nacionais parece que ele está esgotado, mas eu o encontrei à venda no Amazon por 20 dólares.  

Passadinha rápida…

5 ago

Estou passando rapidamente por aqui só pra dividir mais uma novidade.

O Entre Rendas e Poás agora está ficando mais famoso (rs) virei colaboradora (responsável por assuntos de moda) do blog da Mais Estudo.

Passem por lá…além das minhas matérias, vocês vão encontrar uma série de posts bem interessantes .