Arquivo | setembro, 2010

Uma aula de geometria…

30 set

Hoje o post é sobre mais uma dessas obras de arte que encontro navegando por sites de moda de rua.

Fonte: Stockholm Streetstyle

Eu não consegui identificar se o vestido é feito de tricô ou se é um couro com recortes preenchidos por malha (o que acho mais provável), só sei que o arquiteto dessa geometria merece um troféu.

Pensei em classificar a peça como minimalista (afinal, seu corte realmente se encaixa nessa categoria), mas, em um segundo momento, pensei que isso seria injusto devido ao trabalho geométrico apresentado no vestido, que de minimalista não tem nada.

Amei a cor, ou a falta dela (off-white está entre as minhas cores preferidas para roupa). O cinto e a echarpe tornaram o look mais social e elegante.

Ok, ok, vamos ser sinceros, o vestido também caiu super bem nela porque o corpitcho da fofa colaborou, ou melhor, diria até que ele foi o personagem principal dessa história. Imagina esse vestido, cheio de recortes, em uma mulher cheia de curvas, não precisa ser expert em moda para saber que não daria certo né…

Engraçado que, muitas vezes, olhando as fotos publicadas nesses sites de street style, fico imaginando o que essas pessoas fazem, e, para mim, essa mocinha aí da foto está na categoria de empresária, executiva, acho que não só pela roupa, mas também pelo semblante (olha como é impressionante como a forma como nos vestimos impacta diretamente em nossa imagem e transmite uma série de mensagens sobre quem somos – está aí um assunto para um futuro post).

Há…e é claro que, com o meu olhar clínico e milimétrico, eu não poderia deixar de reparar na pulseira da gata, super atual (seguindo a onda das maxi-jóias).

Enfim, adorei tanto a produção que elegi ela para o look do dia aqui do Entre Rendas e Poás. Espero que também gostem.

Anúncios

A tal moda cíclica…

29 set

Tal qual as nossas antigas “babouches” que voltaram com o nome de “clogs, por mais que a gente tenha se acostumado a chamar aquelas calças mais ajustadas no quadril e largas do joelho para baixo, de modelo “boca-de-sino”, para entrar na moda temos que usar o termos da temporada, certo? E o modelito versão 2011 vem renomeado como “jeans flare” (ou flaire).

Pois é, após o longo reinado das skinnies (não que ele tenha acabado), o flare vem com tudo para o nosso verão. Mais uma peça que remete à volta dos anos 70, os apaixonados pela moda hippie já podem comemorar.

O ideal é usar o modelo com salto alto e, de preferência, mais grossos e pesados. As tais clogs (ou tamancos, para quem preferir) são o par perfeito (literalmente) para o jeans flare.

Segue uma sugestão de look criada por mim:

calça flare + tamanco

Para um efeito mais “arrumadinho”, a sugestão é colocar a camisa por dentro da calça e finalizar com um cinto largo.

Agora algumas produções das famosas, mais antenadas, que já desfilam com o modelito da temporada:

Famosas com o jeans flare

Mais famosas com o modelo flare

Acho que vou resgatar uma antiga “boca-de-sino” que tenho guardada no fundo da gaveta, o negócio agora é acostumar de novo com o modelo. 

Bem agora que eu estava tão apaixonada pelas skinnies…

Dobradinha…

27 set

Quem acompanha o Entre Rendas e Poás sabe o quanto sou fã de roupas versáteis. Adoro usá-las de mil maneiras (no melhor estilo Bombril), reinventá-las….e para isso vale de tudo, usar uma blusa ou um vestido tomara e caia como saia (posicionando a parte que iria acima do busto na altura da cintura), um vestido curto como blusa (combinado com uma legging), transformar um vestido em regata (colocando a parte de baixo pra dentro da calça) ou em saia (colocando uma outra blusa sobre a parte de cima do vestido), enfim, vale de tudo mesmo, o importante é tirar o máximo de proveito de cada peça.

Ao encontro dessa onda de “reinventar”, veio uma tendência que muito tem me ajudado, as calças com a barra dobrada… 

Pois é, a possibilidade da “dobradinha” tem permitido que eu use minhas calças jeans mesmo nos dias mais quentes, que eu atualize meus looks deixando-os super “última moda”, e ainda, que eu volte a usar algumas calças que já estavam fora de moda, como é o caso das minhas capris, lembram dessa moda em que as calças iam até, mais ou menos, a altura do tornozelo, pois é, com a tal dobradinha a calça fica numa altura perfeita para a atual tendência. 

Bom, olha aí como venho aproveitando a “modinha”: 

Eu "atacando" de dobradinha

Agora seguem algumas imagens que peguei na internet, elas podem ser muito úteis para nos ajudar a criar novos looks: 

Chris Francini e Paula Martins (do site Look do dia) sabem muito bem como criar produções incríveis com a barra da calça dobrada: 

Imagens retiradas do blog Look do Dia

E que tal unir duas tendências, calça com a barra dobrada + oxford? 

Calça dobrada combinada com sapato oxford

Adorei a combinação, e, agora que tenho um oxford para chamar de meu, vou testá-la e depois posto aqui para vocês verem e opinarem. 

Para aquelas que não abrem mão do sapato alto, vale, ainda, criar looks com anabela ou sandália meia-pata: 

Calça dobrada + sapato alto

Há, e como sei que aqui no blog também tenho seguidores do sexo masculino (essa é especial para o meu cunhado super fashion), vocês, homens, também podem usar e abusar da tendência: 

Homens usando a barra da calça dobrada

(Hum…sei que novamente vou gerar aquela velha polêmica de que os homens dessas fotos são “suspeitos” e coisas do tipo, sempre recebo comentários desse tipo quando posto moda para homens. Mas, como sou defensora total dos homens vaidosos, que se vestem bem, e que buscam fugir do comum, não poderia deixar de postar esses mocinhos aí de cima…independente da opção sexual deles, adorei os looks e a forma como ousaram com a barra dobrada.) 

E aí, vamos dobrar a barra de nossas calças?

Acenderam as luzes…CRUZES!!!

23 set

Mais um acessório chamou a minha atenção enquanto eu estava navegando pelos sites de moda de rua… 

Não sei se é por conta da nossa necessidade, cada vez maior, de proteção, ou se é apenas uma tendência, só sei que os crucifixos estão pendurados no pescoço de muita gente mundo a fora: 

Crucifixos grandes

 

Para as mais discretas têm opções com pingentes menores: 

Crucifixos menores

 

Vale ainda adicionar uma cor ao acessório, ou fazer um mix de crucifixos (adorei o mix da foto!). 

Crucifixo colorido e mix de crucifixos

 

Ou ainda adotar o pingente em outros lugares: 

Brinco de crucifixo

 

Seguindo a onda, e também em busca de mais proteção (olha que estou precisando viu…que “maré”…), resolvi entrar no jogo e fiz uma composição dos meus colares com um crucifixo: 

Colares com crucifixo

 

Que tal?

Liquidação fora de época…

22 set

Aí vai mais uma dica do Entre Rendas e Poás para as apaixonadas por sapatos, como eu. 

Hoje, circulando pelo Shopping Cidade Jardim, deparei-me com a loja da Paula Ferber (designer de sapatos que são de babar, mas que eu nunca comprei porque o preço é incompatível com o meu bolso) com um adesivo gigante na vitrine anunciando liquidação com até 70% de desconto. 

Será que preciso contar que, quando dei por mim, eu estava lá dentro, rodeada de zilhões de sapatos que eu tinha acabado de provar, todos confortabilíssimos? 

Os sapatos, que custam uma média de 500 a 700 reais (uma graninha né), estavam sendo vendidos, ou melhor, liquidados, por cerca de 200 reais. 

Ok, eu concordo que R$ 200,00 não é nenhuma bagatela, mas vamos levar em conta que os sapatos da Santa Lolla, Shoestock e Jorge Alex, que são as minhas preferidas considerando o meu set de acessíveis, também custam em torno disso e ficam bem abaixo dos da Paula Ferber nos quesitos conforto, durabilidade, qualidade e design. 

Há, e o melhor é que se engana quem pensa que tratam-se de sapatos de coleções antigas, nada disso, são sapatos da coleção atual, o motivo da “desova”, na realidade, é que a Paula Ferber está fechando essa loja do Cidade Jardim. 

Como imagens valem mais do que mil palavras, eu não poderia deixar de postar aqui o modelito que fez o meu coração bater mais forte: 

Sapatilha Paula Ferber

 

Não é de morrer? Com furinhos cortados a laser, que estão super em alta, e a cor? Linda…Estou apaixonada pela minha sapatilha. 

E como os detalhes fazem toda a diferença, vejam só que fofura a embalagem…é uma caixa de sapatos em forma de sacolinha, achei uma graça. 

Embalagem fofa da loja Paula Ferber

 

Bom, aí fica a dica, quem quiser aproveitá-la precisa correr porque a liquida vai só até o dia 30/09, e tem alguns tamanhos que já quase acabaram (36 e 37 eu vi que tinham pouquíssimos pares, mas o meu, que é 34 ou 35 – pois é, depois de ter filhos acho que o meu pé cresceu, dá pra acreditar, agora o 34 costuma ficar apertado e o 35 largo – tinham muitos pares, pra todos os gostos e todas as alturas).

A saga do oxford…

20 set

Não sei se vocês viram meus comentários no twitter (sim, o Entre Rendas e Poás agora está no twitter), mas, há uma semana, eu criei coragem e comprei o oxford que eu tanto queria pela Shoestock online (imaginem o quanto eu não me apaixonei pelo tal oxford para ter coragem de comprá-lo sem nem experimentar). 

O problema é que passou uma semana e eu não recebi o bendito oxford prometido para 3 dias após a confirmação do pagamento. Como estava contando os dias para a sua chegada, liguei no SAC e foi quando descobri que não tinham o sapato em estoque, portanto, eu nunca receberia aquele modelito tão bem escolhido e já pago. 

Alguns telefonemas e e-mails (e horas, é claro, pois vocês bem sabem como é esse negócio de SAC né) se passaram e eu, enfim, consegui o estorno do meu pagamento, mas a decepção por não ter recebido o tão esperado oxford continuou. 

É claro que eu não sosseguei e passei o final de semana pensando no primeiro item da minha wish list, e foi então que, folheando a revista “Estilo” encontrei um outro modelito que caiu muito bem e muito rápido nas minhas graças. 

Telefonemas daqui, telefonemas dali, consegui reservar o meu modelito e ontem fui buscá-lo na Santa Lolla (ai como AMO as coisas da Santa Lolla, a coleção nova está um verdadeiro ARRASO), lindo, lilás…coisa mais fofa… 

Bom…pra juntar com tudo isso, estou participando de um processo seletivo (sim, sim, estou tentando voltar a ser uma “assalariada”) em que tive que escrever um post com sugestões de looks, e claro que, como os tais oxfords ocuparam grande parte dos meus pensamentos nos últimos dias, não pude pensar em outro post senão um que tinha ele como personagem principal. 

Não vou dividir o post com vocês porque ele foi muito direcionado ao tal processo seletivo, mas me deu vontade de dividir o look sugerido, mesmo porque, com certeza vou adotá-lo com o meu novíssimo oxford (agora é só esperar o tempo melhorar novamente, porque aqui está um friiiioo). 

Espero que gostem. Aliás, adoraria receber a opinião de vocês, quem sabe assim já não posso ter uma idéia se ele vai ou não vai agradar aos selecionadores da tal vaga que estou pleiteando? 

Oxford + vestido estampado + bolsa branca

Pelo que estou vendo por aí, esses tons metalizados, assim como as bolsas brancas, são mais duas tendências da estação, mas deixa esses tópicos para um próximo post, né…

Penas e plumas a la Anna Dello Russo

16 set

Vocês já ouviram falar de Anna Dello Russo.

Bom, para quem não a conhece, vale uma breve apresentação:

Anna é editora da Vogue Japão e é bem conhecida por seus looks pra lá de extravagantes (não chega perto de uma Lady Gaga, mas, para ela, o que vale também é ousar e aparecer, claro).

Hoje, navegando pelo The Sartorialist (sim, de novo o The Sartorialist porque acompanho esse blog todo santo dia…adoro suas fotos e seus comentários irreverentes), deparei-me com uma foto da figura vestida, por inteiro, com plumas e lembrei do meu post “Vale a pena…”.

Anna Dello Russo e suas plumas

Pra quem tiver muito estilo e quiser se inspirar em Anna Dello Russo, aí vão os looks “plumados” da poderosa (sim, isso mesmo, pesquisando um pouco aqui na internet, descobri que não é a primeira vez que ela usa e abusa das plumas, pelos e penas, confiram):

Looks Anna Dello Russo

Hummm…eu adoro ousar, mas confesso que ainda não cheguei nem perto do nível de ousadia de Anna Dello Russo.

E aí? Alguém vai arriscar?

Auto-retrato

16 set

Navegando pelo The Sartorialist ontem, um look me chamou a atenção:

Look retirado do site The Sartorialist

 Primeiro o que eu adorei foi que a moçoila da foto parece ser do meu time das que se auto-retratam (na verdade acho que alguém fotografou a bonita em um mesmo momento em que ela fotografava esse alguém, mas o efeito final é o mesmo do auto-retrato ein).

Agora vamos ao que interessa, as dicas do look:

Adorei a combinação short boyfriend + blazer de alfaiataria + ankle boot (aliás, que ankle boot ein…ARRASOU!!!).

Outra coisa que me chamou a atenção no look escolhido foi que, provavelmente pega de surpresa pela temperatura subindo ao longo do dia (situação com que estamos bem acostumados aqui em São Paulo né), a estilosa da foto não teve dúvida e arregaçou a manga do blazer…achei o resultado, no mínimo, interessante…

E parabéns ao look chique despojado…ADOREI!!!

PS: Alguém reparou que ela está carregando um guarda-chuva nas mãos…o look ficou tão harmonioso que o guarda-chuva parece fazer parte da composição, não?

A moda agora é BRILHAR!!!

14 set

Desde os desfiles primavera/verão 2011 tenho visto que o glitter é a última tendência em maquiagem…a verdade é que não param de “pipocar” por aí lançamentos que indicam que nesse verão a mulherada quer mesmo é BRILHAR. 

Look das modelos que desfilaram a coleção primavera/verão 2011 de Ronaldo Fraga

Diversos blogs que acompanho, sobre as últimas tendências em esmaltes e maquiagens, não param de postar lançamentos de esmaltes e bases com glitter: 

Esmaltes com glitter

Além de dicas de como usar o “elemento” para dar o toque especial à maquiagem e ficar em dia com a nova tendência: 

Boca e olhos com glitter

Linha de maquiagem, recém-lançada pela Avon, que contém glitter

E o que me chamou mais a atenção é que a tendência parece não ter ficado restrita à maquiagem, mas, pelo que tudo indica, saem os paetês (tão em alta no nesse inverno) e entra o glitter.

A regra é continuar brilhando. 

Sapatilhas brilhantes

Oxfords brilhantes de Christian Louboutin, Patachou e Marc Jacobs, respectivamente

E olha que o Sr. Glitter não quis ficar preso apenas às maquiagens e vestuários, esses dias recebi uma newsletter comunicando o lançamento de um sabonete líquido com glitter… 

Sabonete líquido com glitter

ADOREI!!! Um desses no lavabo fica um luxo só ein… 

Há…e tem ainda as tais tatuagens temporárias (tendência lançada pela Chanel que vêm com tudo nesse verão), que também vão entrar na onda do glitter: 

Tatoo com glitter

E aí? Vamos brilhar nesse verão? 

Tudo de graça????

13 set

Ok, ok, sei que esse post foge um pouco do assunto moda (não totalmente), mas como uma ex-profissional de pesquisa, blogueira (a quem, na minha opinião, também cabe o papel de informar), e apaixonada por amostras grátis, não poderia deixar de publicá-lo.

Vocês conseguem imaginar uma loja onde entramos, escolhemos alguns produtos para levar pra casa (geralmente produtos que ainda nem existem no mercado, novidades “pré-saídas do forno”) e saímos sem pagar sequer um tostão, apenas com a responsabilidade de usar o produto (ai que sacrifício ein…) e depois responder um questionário a respeito do mesmo?

Há…quer imaginar algo melhor ainda, entre os produtos a serem testados também é possível encontrar artigos relacionados à moda e beleza (batons, esmaltes, shampoos, tintas para cabelo, bolsas, sandálias, etc…).

Pois é…isso que parece uma loucura e coisa dos nossos sonhos, agora é a mais pura realidade.

O conceito surgiu no Japão e vem se expandindo para o resto do mundo.

Em maio desse ano inaugurou no Brasil a primeira loja com esse conceito, chamada Clube Amostra Grátis localizada na Vila Madalena, em São Paulo.

Interior da loja "Clube Amostra Grátis"

Funciona da seguinte maneira: primeiramente é necessário se cadastrar através do site e pagar uma anuidade de R$ 50,00. Feito isso, o “sócio” pode retirar até 5 produtos por mês, junto a um questionário de avaliação de cada produto. Basta responder esses questionários para poder retirar os produtos do mês seguinte.

Interessante ein….

Pois é, parece uma loucura, mas na realidade essa é uma super “sacada” de marketing. A idéia é que, além do modelo proporcionar a opinião, espontânea e sincera, dos clientes, isso gere um satisfatório “boca-a-boca” em torno do produto testado. Ou seja, antes mesmo de que ele venha a ser lançado, as pessoas seguem por aí contando sobre a novidade para amigos e familiares.

Além disso, essas lojas também proporcionam a vantagem típica de ações de sampling, ou seja, primeiramente oferecem uma “amostra” (que nesse caso não é bem amostra porque os produtos vêm em seu tamanho real) para que o cliente experimente e torne-se consumidor do produto (e estudos comprovam que a maioria das pessoas que experimentam os produtos, posteriormente voltam a procurá-lo no mercado).

Seguindo o exemplo do Clube Amostra Grátis, no final de junho foi inaugurada a Sample Central também aqui em São Paulo (na R. Augusta).

Interior da "Sample Central"

O conceito é praticamente o mesmo de sua precursora, porém a anuidade nessa segunda é de R$ 15,00 e é necessário fazer um agendamento prévio da visita mensal.

Há…também é possível testar produtos de alto valor, como eletrônicos, por exemplo, mas esses são testados dentro da própria loja.

E aí, gostaram da novidade?