Arquivo | Sem categoria RSS feed for this section

Na onda pop…

4 abr

Com a influência da pop art na moda atual, a combinação das cores fortes parece que ganhou força, e eu nunca vi o rosa e vermelho andando tão juntos por aí:
.

20140404-114017.jpg

20140404-114040.jpg
>

20140404-114025.jpg

20140404-114033.jpg

A barra da calça dobradinha foi truque para deixar a bota à mostra.

E foi assim que me preparei para um colorful day!!!
>

Quando o look começa pelo sapato…

25 fev

Foi bem assim que aconteceu quando me deu uma saudade de usar o meu mocassim de salto.

Acho ele super diferente (desses que não se encontra mais à venda), além de confortável e de uma cor incrível:

20140225-114009.jpg

E, com ele, eu combinei a saia estruturada florida (tenho uma verdadeira paixão por saias desse tipo), uma regata básica, e um colar de contas de madeira:

20140225-150014.jpg

20140225-150250.jpg

20140225-150255.jpg

E aí? Gostaram do look? E o sapato, é ou não é hiper super apaixonante?

Aquele look casual de…animal print…

31 jan

Quem aí nunca comprou uma peça, em liquida, e depois ficou perdido, sem saber como usar? Porque, afinal, essa peça não tem assim tanto a ver com você como parecia quando estava com aquela etiqueta vermelha com o preço pequenino riscado e um bem grandão remarcado acima, bem atrativo!!!

Pois é, certeza que quase toda mulher já passou por isso…estou certa?

O bom é que, com um bom toque de stylist, é sim possível adaptar uma peça “problema” ao seu estilo.

Prova disso é a minha sainha animal print, linda, até sóbria, mas, aparentemente, nem tanto a minha cara! Talvez mais “perua” do que eu, de fato, sou…

20140130-200646.jpg

20140130-200917.jpg

20140130-200927.jpg

20140130-201023.jpg
E foi então que juntei a tal peça à dupla t-shirt casual + rasteirinha, e consegui “desaperuá-la” um pouco, adaptando-a ao meu estilo!

Porque a graça da moda é essa, tirá-la de seu contexto mais óbvio e fazer com que ela comunique o que você quer!!!

Saia longa para tirar a regata básica de seu lugar comum….

22 out

O horário mudou e o post atrasou…

Sabe aquela regatinha básica, de tecido canelado de algodão, alcinha, pronta pra juntar com seu short também básico e ter o look mais básico ever….soquenão!

Experimente combinar a tal, com uma saia longa, um cinto de elástico marcando a cintura e um sapato alto:

20131022-121501.jpg

A saia plissada lilás deu outro mood para a minha regatinha basiquinha, e conseguiu tirá-la da gaveta (isso acontece com as pessoas não básicas…no dia a dia esquecemos da “gaveta do básico”) levando-a em um look mais elegante e pronto para as reuniões de negócio.

Pronta pra embarcar…

19 out

Agora só falta sair o vôo!

Mas é aquela coisa, o vôo atrasa e a gente aproveita pra postar…

Legging que imita jeans (as famosas jeggings), achado do Walgreens (acho o máximo…as farmácias aqui são um verdadeiro shopping center), confortável que só e ainda tem bolso atrás, tipo jeans mesmo.

Pra completar, e sempre bom pra voar, um lenço, já que a temperatura no avião é sempre incerta, e minha super Prada nova (mais um item riscado na minha wishlist):

20131019-101525.jpg

Look bem funcional pra passar horas nas nuvens (e também no aeroporto…).

Porque segunda-feira é dia “de branco”…

14 out

Não tem uma frase popular que é justamente assim?

Pois é, como diz a frase, hoje o post é daqueles total white:

20131014-084647.jpg

A colorfull look!

4 abr

Nada melhor pra dar vida àquela blusinha básica do que um complemento nada básico.

Essa foi a equação do dia: blusinha velhinha básica (ainda que em uma cor nada básica)+saia florida.

O resultado agradou não só a mim mesma, como arrancou elogios dos espectadores…o que me leva a crer que acertei!

20130404-194647.jpg

Outra dica: tenho gostado desse mix laranja+azul marinho…

Hand bracelets – parte 2

31 mar

E, passando o tempo agora com um dos meus hobbies favoritos (navegando por blogs de moda/street style), eis que me deparo com o assunto quentinho, publicado há pouco:

20130331-220208.jpg

Mais uma referência pra nos inspirar…

Tinker Bell

26 jan

E, com look meio “fadinha”, “Entre Rendas e Poás” volta ao ar…como em um toque de mágica…

“Eli, jura que você vai ter coragem de usar isso?”

“Onde vai conseguir usar?”

“Como vai combinar?”

“Com certeza não vai ter coragem de usá-la pra trabalhar…”

Essas foram alguns dos comentários polêmicos que ouvi quando comprei a minha saia de tule com lantejoulas na “queima de estoque” da coleção Maria Filó pra C&A.

Não sou muita de comprar roupas na C&A, principalemente essas assinadas por grandes marcas/estilistas, isso porque é um show de ver gente vestindo igual em todo canto. E eu particularmente, acho que tenho um sério problema com isso, não sei se é vaidade de mais ou altura de menos (que faz a pessoa com seu 1 metro e meio se esforçar ao máximo para ser notada em todo e qualquer lugar), mas sei que desde criança odiava usar aqueles uniformes escolares, que te deixam padrãozinho, igual a todos os outros.

Tanto é que desde essa época sempre fui mega adepta aos acessórios, e me agarrava neles para conseguir me diferenciar, e quantas tiaras, gigantes e lenços mega coloridos não combinei com o uniforme azul e branco sem graça da escola (e olha que isso algumas vezes me rendeu proibições de entrar na escola com os acessórios, e eu ficava possessa, mas escola de freira tem dessas coisas…).

Enfim…mas voltando à saia, a essa eu não resisti, ainda mais ao vê-la em promoção, quase de graça, comprei e usei a fofa pela primeira vez em um cassino em Bahamas, e me senti super bem, super a ver com a “fantasia” do lugar, depois acho que usei em um jantar com amigos, também sem grande impacto, mas quando ouvi mais comentários mesmo (e, supreendentemente, todos positivos…) foi semana passada quando fui trabalhar com a bonitinha…

Look tule pra trabalhar

Look tutu pra trabalhar

Como o dia estava mais “invernoso” (é, sei não o que aconteceu com o verão que deveria estar “bombando” aqui em SP nessa época, mas minhas botas andam saindo bastante pra passear ultimamente viu!), combinei a saia de tutu com uma bota mais pesada e uma blusa de cor mais escura, mas com algumas pedrinhas brilhantes também, que achei que dava uma certa “liga” com as lantejoulas da saia.

Se for avaliar pelos comentários recebidos, acho que deu certo, e olha que o desafio era mesmo “encaixar” essa saia tão leve naquele dia tão cinza.

Mas tá aí uma combinação que gosto muito, peças leves, fluidas, de verão combinadas a outras mais pesadas, dessa forma faço meu closet girar durante o ano todo.

Abaixo mais um look que segue o mesmo estilo (e a solução da meia-calça para os dias ainda mais frios):

2798809_open-uri20130125-560-oko3l8

Saia fluida+sweater = combinação super em alta

Especialmente para as “Nailsholics”…

14 nov

Sei que isso pode trazer consequências sérias para uma blogueira de moda como eu, mas tenho que confessar que não sou das 10 mais adeptas a salões de beleza, cabeleireiros e afins…é, acho que minha agitação e ansiedade me impedem de passar horas sentadas em uma cadeira de cabeleireiro (lembro certa vez que inventei de fazer luzes no cabelo, e o meu cabeleireiro me disse que na próxima ia me receitar uma dose cavalar de Lexotan para ver se eu parava quieta – rs).

E então quando essa prática tem que se repetir por finais de semanas incansáveis, ô meu pais, aí sim é tortura (realmente não sou “filha da mãe”, porque essa sim, minha mamis querida, tem todo santo sábado suas horinhas reservadas para cuidar de sua beleza).

Diria que sou mais prática, tanto que mantive, por anos, meu cabelo curto, só para não perder horas com mais esse assunto.

Mas quando o assunto é unhas, esmaltes e afins…ai sim eu adooouuurroo.

Aquelas centenas de vidrinhos coloridos me fascinam, se fosse permitido para uma moçoila da minha idade e na minha profissão, juro que saia do salão com uma unha pintada de cada cor, porque juro que não tem tarefa mais árdua do que eleger naquele universo de cores maravilhosas, qual é a escolhida para me acompanhar por uma semana.

Talvez por isso e por essas minha paixão por esmaltes, tanto me chamou a atenção o conceito que já é sucesso na Europa e EUA e agora está chegando ao Brasil:

Nail Bar

Nails Boutiques, ou Nails Bar, nada mais é do que um verdadeiro parque de diversão para as “nailsholics” como eu.

Imaginem um verdadeiro bar, onde sobre as prateleiras, ao invés das tradicionais garrafas de vodka, wisky, rum, e afins, tem nada mais do que centenas de vidrinhos de todas as cores possiveis e imagináveis. E tudo acompanhado de um ambiente agradável, com poltronas confortáveis e mimos incontáveis (algumas servem até espumante para as clientes).

Sonho? Não, a mais pura realidade.

Uma das precursoras aqui em São Paulo foi a estilista Adriana Barra, que em um cantinho de sua badalada loja nos Jardins, abriu o PICNICDRIC NAIL SPA, onde são encontrados mais de 300 cores dos mais requintados esmaltes, todos bem acomodados em casinhas de bonecas, um mimo só:

Ambiente do Picnicdric Nails Spa

Agora, como tudo tem um preço, vem o ônus: sabe aquela tradicional dobradinha mão e pé? Pois é, nesses templos de cores e mordomias podem chegar a custar R$ 200,00.

Mas que dá vontade de investir, só pra conhecer, a isso dá!! (aprendi isso e nunca mais esqueci…qualquer gasto com nossa beleza é nada mais nada menos do que um investimento…rs)